Buscas relacionadas:

Serviço de spda

O serviço de SPDA (Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas) é comumente conhecido como pára-raios, com a principal finalidade de evitar ou minimizar os danos causados pelo impacto destas descargas atmosféricas, os direcionando por um caminho seguro até a terra. Dessa forma, é um serviço desenvolvido com o intuito de edifícios, pessoas, prédios, tanques, tubulações, entre outras coisas. 

É importante ressaltar que o sistema não garante uma eficácia de cem por cento, porém é comprovado que reduz os riscos e danos de forma bastante significativa. Além disso, o SPDA também não serve para evitar que os raios caiam, visto que trata-se de um fenômeno da natureza. Portanto, o objetivo deste equipamento é conduzir a descarga elétrica por um caminho específico e seguro, fazendo com que, dessa forma, não haja tantas chances de algo ou alguém ser atingido.

Funcionalidade do SPDA

O Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas é formado por diversos subsistemas, sendo estes o de captação, o de descidas, o de aterramento e o de equipotencialização. Sendo assim, o incumbido de interceptar as descargas atmosféricas que podem impactar os objetos é o subsistema de captação. Já o subsistema de descidas é o responsável por conduzir a corrente da descarga até o subsistema de aterramento, o qual escoa a corrente da descarga na terra.

De forma mais resumida, existem três componentes básicos em um sistema de SPDA. Dessa forma, as hastes, normalmente em formatos pontiagudos, atuam como um terminal para uma descarga atmosférica. Em seguida, os cabos conduzem a corrente elétrica das hastes até o solo. E, por fim, existem as hastes de aterramento, que tratam-se de barras enterradas, onde os cabos condutores estão diretamente conectados.

O SPDA pode funcionar de duas formas: realizando um serviço preventivo ou corretivo. No caso do preventivo, o sistema tem como finalidade neutralizar a eletricidade das nuvens que se encontram acima dos edifícios. Já no caso da corretiva, o SPDA deve ser posicionado no local mais alto da construção, a fim de garantir uma impedância mais baixa à passagem da corrente elétrica do raio. Neste caso, se a descarga atmosférica atingir com muito impacto, ela será conduzida pelo caminho proposto através do SPDA.

Detalhes sobre o serviço de SPDA

A instalação do SPDA deve seguir as normas estaduais, como a do Corpo de Bombeiros, e a ABNT NBR 5419/2015 (Proteção Contra Descargas Atmosféricas). Esta é a norma que define quais os tipos de pára-raios adequados para cada tipo de construção, além de especificar qual é o material que deve ser utilizado na fabricação da ferramenta. Já o dimensionamento e a instalação, serão incumbidos à um profissional especializado e corretamente habilitado.

Também é necessário que o serviço de SPDA garanta um laudo técnico, dessa forma, depois da vistoria, haverá um certificado de que o sistema foi instalado seguindo as normas reguladoras e que está funcionando da maneira apropriada e legalizada. Esta vistoria pode ser feita tanto de forma regular, tanto de modo preventivo quanto preditivo, oferecendo uma maior vida útil ao sistema, além de garantir que ele desempenhe suas funções com excelência e segurança.

Ver maisVer menos

Serviço de spda

Galeria de Imagens

Estas imagens foram obtidas em bancos de imagens públicas e disponíveis livremente na internet

close

Envie um orçamento para

É GRATIS, rápido e sem compromisso!

Navegação